quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Quem conhece a Vigorelli !?






Da esquerda para a direita: eu, Nat King Cole, Mário Borrea e Elvis Presley.
 
Esse instantâneo foi flagrado na Biblioteca do blog. As pesquisas da equipe foram infrutíferas no sentido de identificar registros a respeito do fabricante das máquinas Vigorelli. Precisamos completar a ficha técnica desta de nosso acervo que estamos apresentando agora.
Solicitamos que aqueles que tenham alguma informação a respeito enviem-nas a este Blog aos cuidados do Elvis Presley utilizando o espaço destinado a comentário, lá no final da matéria.




Esta máquina foi adquirida no dia 18.11.2011 da empresa Luiz Carlos Dale Nogari dos Santos, Leiloeiro Oficial, NF 7696, em Passo Fundo/RS.

O verde  confere uma imagem de beleza  comparando  com o preto, cor comum às máquinas da época.

Passou um tempo no  ICR - Instituto de Criacão  e Restauracão do Mário Borrréa recebendo cuidados especiais. Abaixo podemos apreciar  algumas etapas do “trato “ recebido.  Estão vendo a Vigorelli, a artista de hoje, no centro, ladeada por estruturas, gavetas e tampas de outras máquinas? Pois pertencem a duas SINGER de nosso acervo aguardando lixamento, limpeza e posterior montagem. Em breve as teremos prontas posando pro retratista.



Esta outra imagem  mostra com clareza as partes da madeira original (danificadas) que sofreram “enxerto”. Após, com o acabamento  e aplicação de cera o rastro das interferências ficaram  imperceptíveis, sem apagar, no entanto, as marcas naturais do tempo.






 O conjunto final retrata o trabalho do restaurador que determina às suas mãos leveza e energia, buscando estabelecer com seguranca o limite tênue entre restauração X reforma.




.........................................................................................................................................................
Podemos considerar o Elvis  “gente da casa”, assim com o Nat,  Nana Mouskouri, Wando, Angela Maria, Francisco Alves, e tantos outros. Escutem-no!






Considerando material interessante fornecidos por frequentadores deste blog, abrimos espaço para registro. Iniciamos com a participação de Ivani (http://ivani-arteemcasa.blogspot.com.br/2013/09/maquina-de-costura-vigorelli.html)


Máquina de Costura VIGORELLI

Anos atrás ganhei de meu irmão e cunhada uma máquina de costura reta, marca Vigorelli.
Produzida pela Metalúrgia Vigorelli na cidade de Jundiaí – SP. A empresa pediu concordata em 1982 e teve sua falência decretada quatro anos depois.

Comecei a pesquisar na Net, para tentar descobrir em que ano minha máquina foi fabricada e acabei descobrindo que no Brasil existe um Museu  de Máquinas de Costura – Museu Ângelo Spricigo em Concórdia – SC  com um acervo de mais de 900 máquinas de 100 marcas diferentes.

Foi lá que encontrei as duas únicas fotos de máquinas de costura semelhantes a minha. 
Uma delas possui o espelho do regulador de ponto mais moderno (?) e esta que parece realmente ser gêmea da minha.

Infelizmente  nas fotos do Museu não há nenhuma referência quanto ao ano de fabricação.

Como a empresa fabricante aqui no Brasil faliu, ficou difícil descobrir, mesmo  tendo o  número de série no corpo da máquina.

De qualquer forma , uma coisa é certa: foi antes da falência em 1986, o que já lhe dá no mínimo 27 anos!

Fiquei pensando  que ela já deve ter trabalhado bastante, tendo-se em vista as marcas de uso, ou seriam marcas de maus tratos?

Logo que ela chegou, fiz uma limpeza superficial, coloquei óleo e pedalei algumas vezes. Restaurei um String Quilt e outros pequenos trabalhos em paper piecing... Mas pra ser bem sincera acabei vencida pela modernidade e comprei uma máquina eletrônica.  E a Vigorelli  teve novo período de descanso, ficou lá, com seu gabinete servindo de apoio para várias coisas.

Resolvi dar uma nova chance para a minha Vigorelli.

Hora de fazer uma manutenção, para que ela possa desempenhar de uma forma mais adequada o seu papel. E vejam só o que encontrei:

muita poeira e sujeira incrustada
Foi um dia de muita paciência. Com um arsenal de palitos de dente, hastes flexíveis, escova de dente, chave de fenda e óleo de máquina de costura. Comecei a desincrustar depósitos e mais depósitos de material seco, poeira, restos de linha e manchas ressecadas de óleo. 
O Antes e o Depois
Limpeza dos dentes, área da bobina, lançadeira e engrenagens. Barra da Agulha, barra do Pé Calcador, pézinho, etc, etc, etc  Até o volante foi removido e limpo para que a trava da agulha  funcionasse na função encher bobina.
E para completar ela ganhou uma nova correia de couro.
os ossos do ofício
Algumas partes não são originais, já que as originais ou foram perdidas antes que a máquina chegasse a mim ou estão danificadas.  Talvez eu consiga encontrar peças para reposição em alguma empresa especializada em conserto e manutenção de máquinas de costura. Pena que aqui onde moro não existe este serviço. Preciso procurar pelas redondezas.

Por enquanto o resultado é este:
Testando a tensão do ponto
É uma máquina de costura simples. Não tem decalques dourados, a pintura não é a clássica, mas em sua simplicidade ela ficou muito mais charmosa e pronta para costurar por muitos e muitos anos por vir. Essas máquinas antigas são mesmo surpreendentes. 
Ah e eu adoro o "V" centralizado na base. 

E pelo visto, a Teka também aprovou!!
perfeito prá uma sonequinha básica.
Leiam também: 
MANUAL DE INSTRUÇÕES DA MÁQUINA DE COSTURA VIGORELLI
Parte 1 - Conhecendo a Máquina de Costura Vigorelli
Parte 2 - Como passar a Linha na Máquina de Costura Vigorelli
Parte 3 - Regulagem do ponto
Parte 4 - Limpreza e Lubrificação
Parte 5 - Como encher a bobina
Parte 6 - Agulhas para Máquinas de Costura

Parte 7 - Dentes Impelentes - como abaixar

Editado para incluir este link com a História da Vigorelli no Brasil: UM GIGANTE DERROTADO (grata a Sulinha Diniz pela dica!)





ABAIXO, REGISTRO COLABORAÇÃO DE DIlnei Giovane Pavanatto Nei







sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016


VIGORELLI – UM GIGANTE DERROTADO

Anúncio mostrando a fábrica
A Vigorelli foi um dos gigantes que ajudaram a construir a grandeza de nossa cidade.

Os Franco, família de judeus italianos chefiada pelo patriarca Giuseppe, imigraram para o Brasil em função do início da 2ª. Guerra Mundial.   Chegaram a São Paulo em 1940, dedicando-se ao comércio; terminada a guerra, passaram a dedicar-se à importação e exportação, criando a Importadora e Exportadora Francolite Ltda. (1947).

Anúncio da Vigorelli italiana
Inicialmente, importavam "kits" de máquinas de costura do Japão e da Itália para montagem no Brasil, o que era feito em um barracão na Rua Turiassú,   Pompéia, em S. Paulo. Os "kits" italianos provinham da Vigorelli Italiana, sediada em Pavia, cidade situada na região da Lombardia, no norte da Itália.

Mais tarde, obtiveram dos italianos licença para fabricação das máquinas e  adquiriram no bairro da Bela Vista, em nossa cidade,  um grande terreno onde começaram, em 1952 a construção da fábrica, que foi inaugurada pelo Governador Lucas Nogueira Garcez em abril de 1953. Parte desse terreno é hoje ocupada pelo Jundiaí Shopping. 

Para a montagem e operação da fábrica, contrataram o engenheiro Carlo Kummer, que trouxe consigo cerca de 15 técnicos especializados, todos originários de outra indústria italiana de máquinas de costura, a Necchi, também localizada em Pavia; dentre esses, os saudosos Carlo Farina, Luciano Galbarini, Matteo Vaira e Luciano Museli, que constituíram família em nossa cidade.

  Vigorelli fabricada em Jundiaí
A Vigorelli operou até 1984, tendo além das máquinas de costura (500 unidades/dia de  diversos tipos),  fabricado  móveis,    máquinas operatrizes,   cintos de segurança (os primeiros produzidos no Brasil),   hidrômetros, barcos de pesca  e  armas leves,  como submetralhadoras.

Infelizmente é mais uma empresa que se foi, destruída pela conjuntura econômica da época aliada à má administração. Mas, com certeza, deu sua contribuição à nossa cidade

43 comentários:

  1. Ganhei uma maquina vigorelli de uma amiga ,e gostaria de saber se existe alguem se mandar uma foto de que ano ela foi fabricada,ela tem aproximadamente uns 45 anos e zig zag ,e ate a caixa de ferramentas possue ,nunca tinha sido usada esses anos todo ,foi lubrificada e estou usando ela é otima!!

    ResponderExcluir
  2. Gracinha
    Tenho a mesma dificuldade na identificacão da história da Vigorelli. Pelo teu comentário a tua está em muito bom estado de conservacão. Os detalhes, como caixa de ferramenta e Manual de Instrucões valorizam-na. Se desejares mande uma ou mais fotos que divulgarei aqui no blog.
    Cuide-a bem.
    Antquário

    ResponderExcluir
  3. Por favor passa seu email para enviar as fotos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracinha
      Meu email; guggianalugueis@bol.com.br.
      O estado disto ou daquilo as vezes não importa muito. O que realmente importa é que valorizes o que é que é teu. E esta máquina, no estado em que estiver é tua! Renovo meu comentário anterior... valorize-a !

      Excluir
    2. Olá pessoal.
      Tenho em casa uma máquina Vigorelli que a minha mãe ganhou de seu pai.
      O modelo dela é de luxo com gabinete e 5 gavetas em imbuia e marfim.
      No certificado de garantia consta a data de 28 de novembro de 1958, ou seja, há 58 anos atrás!!! Ela foi adquirida na época através da "Importação, Comércio e Indústria FRANCOLITE LTDA" ou Casa Carvalho de Máquinas em São João da Boa Vista /SP que ficava à rua Ademar de Barros 177. São estas as informações que posso lhes passar. Espero ter ajudado porque esta máquina foi muito útil à minha saudosa e querida mãe. Mariângela

      Excluir
  4. desculpe a varios dias estava tentando responder ,mas não ia o comentario

    ResponderExcluir
  5. o gabinete da maquina eu nem trouxe para casa pq esta mto danificado ,mas vendo que esta foi restaurada será que vale a pena???

    ResponderExcluir
  6. A Vigorelli era uma marca de maquinas de costuras fabricada em Jundiaí/SP.
    Minha mãe trabalhou na dita fábrica que fechou a aproximadamente 30 anos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi André
      Obrigado por acessar o blog e pela informação.

      Excluir
    2. TAMBEM TRABALHEI NESTA FABRICA DE 63 A 68 ...

      Excluir
    3. TAMBEM TRABALHEI NESTA FABRICA DE 63 A 68 ...

      Excluir
    4. Olá Joaquim
      Obrigado pela tua contribuiçao!

      Excluir
  7. olá! também gostaria de obter os mínimos dados da máquina vigorelli pra eu fazer o memorial da minha.

    ResponderExcluir
  8. Realmente, são poucas informações. Vejam esse link:

    http://thetarnishedangels.blogspot.com.br/2009/03/maquina-de-costura-da-familia.html

    ResponderExcluir
  9. minha mãe tem 67 anos e ganhou uma vigorelli usada quando tinha 09 anos, esta maquina veio da Itália com uma senhora e depois de alguns anos decidiu vender. Quando minha mãe ganhou ela ja esta bem usada, tem duas colunas em madeira e apenas o pedal e a polia em ferro, gostaria de saber o ano de fabricação dela.

    ResponderExcluir
  10. Angélica
    Tua máquina é valorizada por ter sido importada. Temos dificuldade em identificar a data de fabicaçao pois nao se tem materail disponivel para tal. Constrastando, a SINGER tem uma literatura riquissima a respeito de suas maquinas. Bem, se desejares pode mandar algumas fotos de tua Vigorelli, que a colocaremos na materia do blog. Obrigado pelo teu contato.

    ResponderExcluir
  11. Tenho minha Vigorelli com a madeira danificada apos mudanças ! Costuro de tudo na minha Vigorelli ! Comprei de terceira mão , da minha irmã caçula no ano de 1972 ! Gostaria de encontrar alguem que tivesse o mesmo modelo da madeira, pra eu comprar e colocar , mas ta dificil ! Tenho o maior xodó !

    ResponderExcluir
  12. Tenho minha Vigorelli com a madeira danificada apos mudanças ! Costuro de tudo na minha Vigorelli ! Comprei de terceira mão , da minha irmã caçula no ano de 1972 ! Gostaria de encontrar alguem que tivesse o mesmo modelo da madeira, pra eu comprar e colocar , mas ta dificil ! Tenho o maior xodó !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maria Aparecida
      Conheço alguns restauradores que poderiam ajuda-la na empreitada de dar um trato em tua Vigorelli. Preciso de tua informaçao quanto a região em que moras!
      Obrigadopelo acesso a este blog.

      Excluir
  13. ESTOY ACA EN CHILE VIVIENDO Y ENCONTRE UNA MAQUINA ANTIGUA VIGORELLI EN PERFECTO ESTADO . TODAVIA TIENE LA ETIQUETA PEGADA AL INTERIOR DE DONDE SE GUARDA LA MAQUINA EN LA PARTE DE MADERA Y DICE ASI , FABRICADA EN JUNDIAI SP , SOLO Q ME GUSTARÍA HABERLE VISTO LA FECHA DE FABRICACION PERO LA ETIQUETA SOLO ESTABA A LA MITAD .

    ResponderExcluir
  14. ESTOY ACA EN CHILE VIVIENDO Y ENCONTRE UNA MAQUINA ANTIGUA VIGORELLI EN PERFECTO ESTADO . TODAVIA TIENE LA ETIQUETA PEGADA AL INTERIOR DE DONDE SE GUARDA LA MAQUINA EN LA PARTE DE MADERA Y DICE ASI , FABRICADA EN JUNDIAI SP , SOLO Q ME GUSTARÍA HABERLE VISTO LA FECHA DE FABRICACION PERO LA ETIQUETA SOLO ESTABA A LA MITAD .

    ResponderExcluir
  15. ESTOY ACA EN CHILE VIVIENDO Y ENCONTRE UNA MAQUINA ANTIGUA VIGORELLI EN PERFECTO ESTADO . TODAVIA TIENE LA ETIQUETA PEGADA AL INTERIOR DE DONDE SE GUARDA LA MAQUINA EN LA PARTE DE MADERA Y DICE ASI , FABRICADA EN JUNDIAI SP , SOLO Q ME GUSTARÍA HABERLE VISTO LA FECHA DE FABRICACION PERO LA ETIQUETA SOLO ESTABA A LA MITAD .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Geraldina
      Verifiquei o Manual da Vigorelli, onde consta como fabricado pela Vigorelli do Brasil S/A Comércio e Industria - Jundiaí- Sao Paulo. o que corrobora com tua informação. Certamente a tua máquina foi exportado pelo Brasil para o Chile. Quanto a data de fabricaçao nao consegui encontrar nenhuma pista. Obrigado pelo teu acesso a este blog.

      Excluir
    2. AS MAQUINAS PARA COSTURA VIGORELLI,VINHAM COM CERTIFICADO DE GARANTIA PARA 50 ANOS...AS MAQUINAS ERAM EXPORTADAS PARA OS MERCADOS DA AMERICA DO SUL E TAMBEM PARA A EUROPA..

      Excluir
  16. Encontrei algo que pode-nos ser útil: http://jundiahy.blogspot.com.br/2016/02/vigorelli-um-gigante-derrotado.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dilnei
      Importante tua contribuicão. Vou registrar a matéria no corpo do texto. OBRIGADO.

      Excluir
  17. boa noite ,ganhei uma máquina vigorelli completa ,é bem parecida com a da foto com os dizeres vigorelli fabricada em Jundiaí, exceto pelo móvel que possui quatro gavetas ,tenho interesse em vende-la para poder restaurar uma outra que tenho ,se tiver interesse ,me da um oi ,que envio fotos ,att Silvia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Silvia
      Nao interesso na compra, pois ja tenho uma. Sugiro que tentes o Mercado Livre para vende-la, terás mais chance.
      Obrigado por acessares este blog.

      Excluir
  18. Ola, vocês tem o manual da vigorelli robot para baixar? obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Clovis
      Nao possuo o Manual indicado. Fica aqui teu pedido. Alguem pode ajudar o Clovis?
      Obrigado por acessares o blog.

      Excluir
  19. olá tenho um maquina de costura vigorelli acho que igual da Maria aparecida Cordeiro Rulli, a madeira tambem está muito danificada exceto os pés,gostaria de informações de restauradores.
    Grata Ana Maria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana
      É importante informares a cidade onde moras. Em Passo Fundo/RS, e Toledo/PR conheço alguns que poderia indicar.

      Excluir
  20. Tenho uma máquina de costura Vigorelli Que comprei usada à quarenta anos atrás para fazer as bainhas das fraldas de meu filho que já vai fazer 41 anos.Quando a comprei de um senhor idoso, italiano, ele me disse que esta máquina tinha vindo com a mãe de sua esposa da Itália à mais de 70 anos. Acredito que esta máquina já tenha mais de 110 anos pois nunca tive muita preocupação em conservação, e ela está sempre igual. ela é minha minha relíqua,uso muito muito mesmo,não vendo por dinheiro nenhum. Mandei colocar um motor semi industrial nela, costura que é uma danada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Boa tarde Dona Elza
      É prazeroso saber que a Senhora tem uma Vigorelli que faz parte de sua vida. Parabens pela valorizada propriedade e obrigado por compartilhar com o Antiquario sua historia.

      Excluir
  21. Olá
    Eu gostaria se poderem postar o manual dá vigorelli robot marrom ou me dizer se ela faz retrocesso para firmar a costura no começo e fim das costuras, agradeço a atenção e desse já agradeço.🌹🌷🌼

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Barbara
      Fica tua postagem. Alguem pode ajudar a Barbara em postar o Manual da Vigorelli "robot marrom"?????
      Obrigado Barbara por acessares este blog.

      Excluir
  22. Tenho 4 máquinas Vigorelli mas são todas mais modernas (tipo 40 anos). Envio foto para onde?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carlos
      Desculpe a demora na resposta. Estava em viajando.
      Aesse meu perfil, tem email. Podes mandar!
      Obrigado

      Excluir
  23. Bom dia.Minha mãe casou com 20 anos e meu pai deu de presente para ela uma máquina vigorelli usada, em embuia.Hoje ela esta com 77 anos,ou seja só com minha mãe, esta há 57 anos,significa que essa maquina tenha mais de 60 anos.Está em perfeito estado,nunca foi trocado nada a não ser a correia,minha mãe usou muito muito,todas as minhas roupas e irmãos foram feita nela, meus filhos também usaram muita roupa feita por minha mãe na máquina.Ela vale ouro e é claro pedi para mim,já que minha mãe tem outra moderna que ganhou.Ela vai passar de geração pra geração.Nunca costurei e com ela estou iniciando uns trabalhos de artesanatos em tecidos e já fiz varias coisas.Ela está sendo minha fonte de renda.Assim que puder farei um móvel novo pra ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cida
      Bonita história de familia. Parabens por possuir uma Vigorelli que tantas boas lembranças te trazem.

      Excluir
  24. Tenho uma maquina da marca flying dove e só consegui costurar nela seguindo as dicas de manuseio da vigorelli que vocês postaram.Muito obrigado me ajudou bastante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lilica
      Boa noticia! Nós é que agradecemos tua visita a este blog.

      Excluir